Fratura Óssea → Saiba Mais Sobre esse Traumatismo!

Oriundo de um forte traumatismo ou de uma fratura óssea, a perda de função de um órgão ou de movimento de uma determinada parte do corpo é algo que assusta muitos brasileiros. Pode ser decorrente de uma cirurgia ou, simplesmente, sem motivo aparente.

A dor, além de uma sensação terrível, é um sinal de que algo não está certo com o corpo. A perda de sensibilidade ou a perna de sensação de uma determinada parte do corpo deve ser analisada por médicos para uma melhor compreensão. 

O que é a Fratura Óssea 

Em síntese, a fratura óssea é a perda da “continuação” do osso. Ou seja, ossos são ligados um a um e, numa fratura óssea grave, essa “ligação” pode ser danificada. Não está diretamente ligada com a osteoporose, que é a falta de densidade de cálcio, mas pode estar ligado.

fratura ossea

Um fato curioso é que, mais de 40% de lesões acontecem em meio caseiro, ou seja, pancadas em móveis, pequenas quedas, que, acumuladas, podem gerar um grande problema. Muitas vezes, as pessoas veem aquela mancha roxa na pele e nem sabe onde e quando aconteceu a pancada. 

Quais São os Sintomas?

Existem muitos tipos de fraturas, podendo ser únicas, ou múltiplas. As lesões traumáticas estão ligadas com alguma pressão feita sob o osso. Também pode estar relacionada à uma forte pancada sofrida. Também, grandes quedas podem causar esse tipo de traumatismo.

As fraturas “simples” não correm o risco de perfuração óssea, não tem fratura exposta e, na maioria dos casos, não é considerada grave. Existem medicamentos próprios para esse tipo de lesão e, com uma simples imobilização por algumas horas já é capaz de resolver. 

Complicações Ósseas

fratura ossea complicaçoes

A imobilização do membro fraturado, por muito tempo, pode ocasionar outros problemas, como os trombos. Também, o osso pode cicatrizar de forma “incorreta” e, nesses casos, somente pode ser resolvido por cirurgia, a dor é elevada.

Em casos severos, de fratura exposta, o osso pode ficar suscetível às infecções, é decorrida da baixa irrigação sanguínea decorrente da posição em que o osso se encontra e, também, da falta de circulação no local.

Regeneração de Nervos Periféricos 

O tipo de fratura deve ser analisado. Principalmente se houve o caso de entorse, que são lesões traumáticas ocorridas em articulações. Também, acontece o caso de um osso “cortar” o nervo, chamado de seccionamento por fragmento ósseo.

Existem diversas cirurgias que prometem fazer o músculo ou órgão “voltar” ao seu estado natural. Mas é preciso entender que, muitas dessas fraturas, não somente a fratura óssea, mas a perda de sensibilidade em geral já é oriunda de uma cirurgia. 

Tratamentos Indicados  

fratura ossea tratamentosHoje, a medicina já tenta esse tratamento de uma forma menos invasiva, sem o uso de cirurgias. O medicamento Etna é usado em lesões agudas. Nesses casos, o aconselhamento médico e prescrição médica, o medicamento busca recuperar o nervo.

É claro que, como um medicamento, possui algumas contraindicações. Porém, esse medicamento não deve ser usado como um anti-inflamatório. Existem outros medicamentos que devem ser usados em casos mais “leves”, que serão prescritos pelo seu médico. 

Deixe se comentário